De acordo com o recente estudo realizado pela Coinbase, uma exchange de criptomoedas baseada nos EUA, 42% das 50 principais universidades do mundo têm pelo menos uma classe de blockchain ou criptomoeda.

A pesquisa foi executada pela Coinbase e Qriously, a empresa de pesquisa que coletou dados de 675 estudantes universitários, 50 universidades internacionais e entrevistas com professores e alunos.

O estudo descobriu que tais cursos são mais populares nos Estados Unidos – especialmente nas universidades de Stanford e Cornell.

“Blockchain combina teoria e prática e pode levar a avanços fundamentais em muitas áreas de pesquisa. Pode ter impactos realmente profundos e de larga escala na sociedade em muitos setores diferentes.”- afirma Dawn Song, professora de ciência da computação em Berkeley.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here