Conheça Wences Casares, o empresário argentino que passou os últimos anos convencendo os investidores mais ricos do Vale do Silício de que o Bitcoin, e apenas o Bitcoin, é a moeda global do futuro.

Sua startup, Xapo, construiu uma rede de cofres subterrâneos em cinco continentes, projetados especificamente para guardar e proteger grandes somas da moeda digital.

Quanto Bitcoin a Xapo mantêm?

A empresa possui algumas participações massivas. De acordo com dois clientes, a Xapo abriga cerca de US$10 bilhões em Bitcoin. Outro investidor próximo ao empreendimento, que conversou com a Bloomberg, considera esse valor uma aproximação precisa. O cache é notável, pois equivale a cerca de 7% do fornecimento global de Bitcoin. Isso significa que a Xapo, uma empresa de apenas quatro anos, detém mais “depósitos” do que 98% dos cerca de 5.670 bancos nos EUA.

A surpreendente ascensão do Bitcoin nos últimos anos viu o desenvolvimento de milhares de criptomoedas rivais, sendo as maiores por capitalização de mercado a Ethereum e a Ripple. O interessante é que, apesar do relativo sucesso dessas outras moedas, Xapo apenas protege o Bitcoin por causa da crença de Casares de que somente ele será bem-sucedido. Devido a essa postura hardline, a Xapo rotineiramente afasta os clientes que procuram armazenar outras criptomoedas.

A solução da Xapo para proteger suas enormes quantidades de Bitcoin é enterrar dispositivos de armazenamento frios (cold storage) em áreas fortemente protegidas, como encostas de montanhas e bunkers militares desativados, e emparelhá-los com camadas de salvaguardas eletrônicas.

Clique aqui para assistir ao vídeo de um tour do bunker Xapo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here