Charlie Shrem é um dos primeiros adeptos do Bitcoin que passou um ano na prisão por crimes relacionados ao Bitcoin. Ele ajudou os irmãos Winklevoss a investir em Bitcoin em 2012.

Agindo como seu primeiro consultor cripto, Shrem aceitou US$750.000 para comprar bitcoin em seu nome, de acordo com o NYT citando uma ação judicial lançada pelos gêmeos em setembro e revelada recentemente. Eles alegaram desde então que ele não devolveu esse dinheiro na íntegra.

De acordo com um relatório do New York Times, parece que o Shrem estará lutando contra as acusações. No entanto, não é o maior problema de Shrem. De acordo com um processo judicial, o investidor Bitcoin ainda deve ao governo US$950.000.

Shrem, que foi libertado da prisão em junho de 2016, alegou que suas tribulações legais o deixaram sem dinheiro. No entanto, ao longo do ano passado ele comprou uma série de itens de ostentação – incluindo mais de um barco grande. Isso fez com que os gêmeos Winklevoss investigassem o caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here