Tron, a criptomoeda da China, tem sido envolta em um mistério. Chamado de golpe por alguns e genuíno por outros, não há dúvida de que o projeto é único em muitos aspectos. Destacando uma das características mais distintas de Tron – o programa Super Representante. Um produtor de blocos Tron, ou “super representante”, atua como um nó-chave no protocolo Tron – capaz de validar transações, criar novos blocos na rede e competir por recompensas de blocos.

O fundador, Justin Sun, anunciou sua candidatura. Em um esforço para mitigar as especulações de conflito de interesse, Sun também deixou claro que estaria concorrendo nas eleições através dos mesmos processos que qualquer outro candidato.

“Como fundador e candidato, estou determinado a passar pelo processo de seleção como todos os demais, o que mostra a abrangência e a abertura da TRON como uma comunidade descentralizada e autônoma” – afirmou.

A Sun acumulou com sucesso votos suficientes para executar um dos apenas 27 nós que operarão a rede tron ​​de US$2,5 bilhões. Com o fundador sendo o super representante, a comunidade tem sentimentos mistos sobre a democracia de Tron.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here