Na quinta-feira, Nobayuki Kobayashi, o fiduciário do Mt.Gox anunciou que um sistema de pedido online de reclamações está aberto e pronto para ser usado pelos credores, independentemente de terem apresentado provas para reclamações no processo de falência anterior.

Em junho, um tribunal do distrito de Tóquio decidiu mudar o caso Mt.Gox do tribunal de falências para um processo de reabilitação civil.

O prazo para arquivar provas é 22 de outubro.

“Se a prova de reivindicação não for apresentada até o prazo, a privação de direitos (ou seja, a perda do direito de reivindicar) pode ser aplicada, por isso, tenha cuidado”, adverte Kobayashi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here