Um estudo recente preparado pela empresa de consultoria ICO Statis Group revelou que mais de 80% das ICOs realizadas em 2017 foram identificadas como fraudes (scams). O estudo levou em consideração o ciclo de vida das ICOs executadas em 2017, desde a proposta inicial de uma disponibilidade de venda até a fase mais madura de negociação em uma exchange digital de moedas.

De acordo com o estudo publicado em 11 de julho, quase 80% da ICO de 2017 eram “golpes identificados”.

O estudo começa com a decomposição de ICOs em 6 grupos: Scam, Failed, Gone Dead, Dwindling, Promising, Successful. “Com base na classificação acima”, eles escreveram, “descobrimos que aproximadamente 81% dos ICOs eram Scams, 6% tinham falhado, 5% tinham morrido e 8% foram negociadas em uma exchange”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here